sábado, 17 de maio de 2008

Árido

Lenta memória.
Penso lembrar:
um par de histórias;
algum lugar;

algum luar
secando a rua;
um mar de luas
molhando o beco.

Mais? Que eu me lembre...
uns poucos ecos.
E chuva sempre.
E eu sempre seco.

Do livro O dia múltiplo, de Jorge Emil, Editora Bom Texto, 2000

Nenhum comentário: